Blog de Estudos

Veja quais as situações para uso das medidas de tendência central: média, moda e mediana

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Você sabe quais são as situações para uso das medidas de tendência central? 

Bom, você já deve saber que as medidas de tendência central principais são conhecidas como: média, moda e mediana, e são denominadas assim, por representarem uma tendência dos valores observados através de um único número, ou seja, através dos valores centrais.

E cada uma delas possuem um uso diferente. Vamos, então, conhecer as situações para uso das medidas de tendência central? Basta continuar a leitura deste post.

Situações para uso das medidas de tendência central

As situações para uso das medidas de tendência central se relacionam com a estatística. Ela é um ramo da Matemática que fornece informações de um jeito mais fácil de serem entendidas, responder às perguntas de exercícios e situações problema e também para ajudar pesquisadores a organizar dados, dando um melhor sentido a eles. 

Exemplo: 

Vamos calcular as medidas de tendência central para a variável “massa dos alunos”.

Note que a princípio isso não parece fácil, pois o conjunto de dados contém um intervalo de classe constante de amplitude 10 e devemos utilizar o ponto médio de cada intervalo para fazer o cálculo.

Logo, os pontos médios do intervalo de classe são: 45 / 55 / 65 / 75 / 85.

Além disso, também devemos interpretar esses dados e decidir qual o tipo de tendência central é a mais adequada para se chegar ao valor central.

Pense por um minutinho. Qual delas você utilizaria?

Agora que você fez a sua escolha, vamos ver como podemos resolver e decidir se existe uma tendência central que representará o conjunto de dados acima.

Média aritmética

Nas situações para uso das medidas de tendência central de média aritmética, devemos multiplicar o número de alunos pelo peso, depois somar e dividir pelo número total de alunos. Veja:

M = 4 x 45 + 10 x 55 + 9 x 65 + 5 x 75 + 2 x 85 / 30

M = 1860/30

M = 62kg

Moda

Nas situações para uso das medidas de tendência central de moda, devemos verificar o valor que mais se repete. Veja:

Uma vez que temos os pontos médios do intervalo de classe e a quantidade de alunos, sabemos que a média da maior quantidade de alunos é a que se repete, logo.

Mo = 55kg

Mediana

Nas situações para uso das medidas de tendência central de mediana, devemos verificar se temos um número par ou ímpar de elementos. Neste caso, temos um número par, ou seja, 30 alunos. 

Atenção! Para encontrar o valor da mediana, é necessário colocar os valores em ordem crescente ou decrescente e observar os seguintes fatores:

  • Quando o número de elementos de um conjunto é par, a mediana é encontrada pela média dos dois valores centrais. Assim, esses valores são somados e divididos por dois.
  • Quando o número de elementos de um conjunto for ímpar, a mediana é encontrada pelo valor que ocupa a posição central. 

Veja:

45/45/45/45/55/55/55/55/55/55/55/55/55/55/65/65/65/65/65/65/65/65/65/75/75/75/75/75/85/85/

Md = 15° + 16° / 2

Md  = 65 + 65 / 2

Md  = 130 / 2

Md  = 65kg

Agora, olhe que interessante, encontramos as medidas de tendência central  62Kg , 55kg e 65 kg, mas neste caso 62kg é a medida de tendência central que expressa melhor a tendência dos valores observados através de um único número.

Mas atenção! Existem casos que a média pode nos enganar! Alguns valores serão muito maiores ou menores que outros. Esses são considerados “valores discrepantes” e podem aumentar ou diminuir a média, para resolver isso, utilizamos as medidas de dispersão como o cálculo da variância e do desvio padrão.

Conseguiu aprender bem as situações para uso das medidas de tendência central? Caso queira aprofundar sobre o assunto, leia nosso artigo e veja para que servem as medidas de tendência central no nosso cotidiano.

Compartilhe esse post
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Sobre o professor(a)